quarta-feira, 11 de março de 2015

MELHORES MOMENTOS DO DESFILE DO GRUPO ESPECIAL NA PASSARELA DRAÚSIO DA CRUZ

NOS BASTIDORES OS CARNAVALESCOS TRABALHAM DURO NA PREPARAÇÃO DAS ESCOLAS


Os desfiles do carnaval de Santos 2015 encantaram o público e ainda continuam sendo alvo de buscas na internet e em nosso portal, por isso a equipe, atendendo a um grande volume de pedidos,  postou  mais um lote de fotos da Passarela Draúsio da Cruz do Grupo Especial. São fotos dos melhores momentos da maioria das escolas que desfilaram nos dias 15 e 16/02. O registro preciso e sob um olhar diferenciado é da fotografo e jornalista Francis Borges, integrante da equipe do JornalComunidadeUrgente, suplemento
Estounocarnaval. Neste trabalho foram registrados os bastidores das escolas, trabalho das equipes de apoio  e os momentos que antecederam os desfiles. No material você vai encontrar registros únicos da preparação das escolas, do público que lota as arquibancadas, pessoal de apoio que trabalha nas partes internas do Sambódromo da Zona Noroeste e da escola de Samba X-9 campeã do carnaval 2015. 
NOVAS FOTOS DO GRUPO ESPECIAL NO SAMBODROMO  CLICK AQUI

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

X-9 É A GRANDE CAMPEÃ DO GRUPO ESPECIAL EM SANTOS

O SEGUNDO DIA DE DESFILE DETERMINOU A GRANDE CAMPEÃ DO CARNAVAL 


O público lotou a Passarela Draúsio da Cruz, a chuva parece não ter atrapalhado em nada o espetáculo, quem não se intimidou com o mau tempo, pode assistir ao vivo ao desfile que consagrou a X-9 campeã do carnaval 2015. A maioria dos presentes encarou a chuva com bom humor, apelando para capas descartáveis, mas a maioria foi de guarda-chuva mesmo. Grandes escolas passaram pela avenida, todas com boas chances de alcançar o lugar mais alto na competição, mas foi a X-9 a campeão do carnaval santista. Com a nota de 179,4 a escola levou o titulo, com diferença de 0,3 da segunda colocada a Unidos dos Morros, que teve 179,1. Muita gente apostava, que este, ano a diferença entre as
escolas seria pequena, mas ninguém imaginava que seria tão próxima. A diferença entre o terceiro, quarto e quinto lugar já foi maior 2,5 pontos distância considerável da primeira colocada. A escola Amazonense com 176,9 garantiu o terceiro lugar, enquanto a União Imperial, com 176,6 ficou em quarto lugar, padre Paulo com seus 176,3 conquistou a quinta posição. Na sequencia vieram, Brasil 175,7, Vila Mathias 175,6, Real Mocidade 175,5, Sangue Jovem 174,9 (rebaixada) e Bandeirantes do Saboó 172,7 (rebaixada). Este resultado deixou muita gente chateada, mas agradou a
comunidade do Macuco, que reinou soberana. O carnaval de 2015 não ficou restrito a passarela, muita gente aproveitou a festa na rua, nas bandas que desfilaram pelos bairros, contemplando o público, que não pode se deslocar. Muita gente saiu das bandas e foi para o desfile, mas acabou chegando ao sambódromo mais tarde. Nos camarotes e arquibancadas as pessoas faziam questão de mostrar, que participaram das bandas, deixando a sua marca, exibindo camisetas e estandartes por toda parte. As agremiações fizeram questão de marcar território. A grande diferença do carnaval santista se concentrou na organização. Na cidade as bandas precisaram se organizar, para poder desfilar.
Conseguiram fazer uma parceria com o poder público, podendo assim receber subsídios do município. Aqueles que se adequaram, receberam da Secretaria de Cultura ( SECULT), parte da estrutura necessária para realização da festa. São Banheiros químicos, caminhões de som e pessoal especializado, usados na realização do evento. As bandas por sua vez, tiveram que providenciar segurança privada, Bombeiro civil e pessoal para ajudar na organização. Isso tudo contribui para a melhora do carnaval santista, atraindo muita gente das cidades mais proxímas.  FOTOS DA SEGUNDA-FEIRA PASSARELA DRAÚSIO DA CRUZ        FOTOS  CLICK AQUI

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

DESFILE DO GRUPO ESPECIAL CONTAGIOU O PÚBLICO NO SAMBÓDROMO

ESCOLAS MOSTRARAM MUITA DETERMINAÇÃO E GARRA NA PASSARELA 

A primeira noite do Desfile das Escolas de Samba de Santos, do grupo especial, a expectativa em torno dos desfiles, contagiou o público, que lotou a Passarela Draúsio da Cruz. Aqueles que apostavam, num carnaval disputado e de muita qualidade, acertaram em cheio. A festa contou com transmissão ao vivo da Santa Cecília TV, com ampla cobertura jornalística da CBN, com participação do Ex-secretário de cultura de santos Raul Christiano, além de diversos veículos de comunicação. A primeira escola a entrar na passarela foi a Bandeirantes do
Saboó (campeã do Grupo de Acesso em 2014), alegrando o público, que se preparava para ver uma das maiores disputas do carnaval santista. Mas, quem realmente chamou a atenção, foi a escola União Imperial, que passou na passarela Dráusio da Cruz, na Zona Noroeste, e levantou o público, com o enredo “Abram alas, a democracia vai passar. Santos celebra Mário Covas”, do carnavalesco Igor. A escola entrou na avenida imponente, desfilando por pouco mais de 51 minutos, quase estourando o tempo regulamentar. Com uma comissão de frente impecável a escola trouxe para avenida, a luta pela
democracia, as mazelas do regime militar e a forma como controlou o País com mãos de ferro. À frente do último carro da escola, Bruno Covas, neto do ex-governador Mario Covas, Santista de coração, que parece ter herdado do avô, a paixão pela Baixada. A escola passou rápido, o motivo, teve problemas com algumas fantasias, mas o público ficou com um olhar de quero mais, afinal, a apresentação foi maravilhosa, mas, este ano, a escola ficou com o 4º lugar. A escola Amazonense, com o enredo “Sonhe! Deixe pra trás a realidade e vem brincar com a Mocidade”, do carnavalesco Anselmo de Brito, também contagiou o
público e conseguiu uma melhor colocação, ficando no 3º lugar, as duas escolas acabaram por repetir o resultado de 2014, uma estranha coincidência. Alguns presidentes, diretores e organizadores das escolas, reclamaram durante o desfile, da desatenção de alguns jurados, que pareciam alheios a festa, abstraídos talvez pelas redes sociais ou em ligações telefônicas. Aqueles, que dedicam sua vida ao samba e as agremiações, se acham no direito, de exigir, maior profissionalismo e empenho, dos que são selecionados para julgar o trabalho alheio. A Real Mocidade Santista, com o enredo "Em toda ação há um
coração real. Eduardo Furkini um elo de amor que não se desfaz", do carnavalesco Joaquim Carvalho Leite, fez um desfile grandioso, passou na avenida,jogando pequenos corações de pano ao público, que se debruçava nos alambrados. Mas acabou por não agradar aos jurados, ficando com 8º lugar, correndo o risco de ser rebaixada. Já a Padre Paulo, com o tema "Padre Paulo volta no tempo e resgata teus grandes carnavais", do carnavalesco Eli Jr, ficou com o 5ª posição. FOTOS DO DESFILE CLICK AQUI 

sábado, 21 de fevereiro de 2015

BANDA DO SACI FECHA O CARNABANDA SANTISTA

CHUVA NÃO INTIMIDOU A COMUNIDADE DO MACUCO QUE CAIU NA FOLIA 

A banda do Saci, desfilou no final da noite de terça-feira, 17/02, encerrando o carnaval de rua do Carnabanda 2015. Quem conseguiu acompanhar o bloco, aproveitou o ultimo desfile do carnaval de rua de Santos e teve a experiência de desfilar em um bloco animado e irreverente. Quase no final da noite, contrariando todas as expectativas, a Banda Saci parecia antecipar os resultados da passarela Draúsio da Cruz. Aqueles que acompanharam o desfile, se deliciaram com a energia da bateria da Escola de Samba X-9, que contagiava o público com sua batida forte e vibrante. Com o enredo Homenagem a
Nina Barbosa o compositor e interprete Fernando Negrão empolgou a todos, levando a loucura as pessoas por onde passava. A concentração, no começo da tarde, já dava indícios certeiros do que seria a festa, prevista para logo mais. A aglomeração na Av. Siqueira Campos, entre as ruas Rodrigo Silva e Almirante Tamandaré, podia ser vista de longe, eram barracas e mais barracas que se confundiam com a paisagem cinza, peculiar do cais santista. Mas para quem sentiu o cheiro da festa não faltou diversão, o esquenta foi de arrebentar e a animação ficou por conta da Escola de Samba X-9, grupo Só Pra Batukar, DJ Hero e dos intérpretes Chitão, Joãozinho e Rudney, além da participação
do MC Bola. Dai em diante o clima pegou fogo, a folia de momo se instalou, parecia que ninguém queria que a festa acabasse. A chuva forte que caiu durante boa parte do desfile, parecia não importar ou fazer qualquer diferença, o que interessava mesmo,  era a diversão. Os últimos minutos do carnaval de rua Santista, viraram  horas e o relógio parecia ter parado, se rendendo a folia, retardando o tempo para festa não acabar. FOTO DO DESFILE NA NOSSA GALERIA CLICK AQUI

sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015

BANDA POSTO 2 LEVA FOLIÕES AO DELÍRIO NA POMPÉIA

ENREDO ECOLÓGICO CHAMA ATENÇÃO DA POPULAÇÃO PARA CRISE HÍDRICA 


A Banda do Posto 2, desfilou pelas ruas do bairro Pompeia, no último dia do Carnabanda, 17/02, das 19h às 21h, sendo a penúltima agremiação a encerrar o carnaval de bandas de santos. Mesmo embaixo de chuva torrencial os foliões da Banda Posto 2 não desanimaram, mostrando garra e muito samba no pé. Quem não acreditou e deixou de comparecer ao desfile, pensando que a turma da folia ia esfriar, se enganou. Acabou perdendo uma grande festa, realmente digna do reinado de momo, onde a maioria aproveitou para se espalhar e curtir o finalzinho do carnaval. Este ano a festa
teve um gostinho de quero mais e os organizadores não conseguiram encerrar o desfile na hora prevista. Tiveram que estender o horário, fazendo o gosto do público, que não queria ir embora, mesmo sendo castigado pela forte chuva, que caía no inicio da noite. O samba composto por Bezerra da Rosas de Ouro, teve como enredo um tema polemico e que chamou a atenção “Economia de água e preservação do meio ambiente. Problemas atuais, que afetam a sociedade diretamente e normalmente são esquecidos ou negligenciados pela maioria. O carnaval em Santos parece estar voltando as origens,
quando a população usava os blocos para revindicar algo do poder público ou mesmo satirizar políticos e situações inusitadas. Para dar mais brilho ao tema, o samba foi cantado pelo compositor em conjunto com Neco. A bateria foi da escola de samba vice-campeã do carnaval, Unidos dos Morros, com seus 40 ritmistas. Quem participou da concentração, se divertiu muito, incentivado pela Bateria chapa quente e ainda pode curtir show com o Carlão do Tempero e sua banda. A concentração foi na praça João Barbalho, entre o canal 1 e 2, atraindo muita gente que passava pelas imediações e queria curtir o finalzinho do Carnabanda Santista, o melhor carnaval da Baixada Santista. FOTOS DO DESFILE CLICKAQUI

BANDA OURO PRETO REÚNE COMUNIDADE DO MACUCO

BANDA AJUDA COMUNIDADE A MANTER UMA DAS TRADIÇÕES DO MACUCO


A banda Ouro Preto percorreu as ruas do bairro Estuário, na terça-feira de carnaval, 17/02, chamando a comunidade para o ultimo dia da festa de momo. Desfilando pelo 14º ano pelo Carnabanda, este ano trouxe como tema do enredo “70 anos de glória do Tigre do Macuco”, uma singela homenagem a comunidade do Estuário, que labuta na estiva do cais santista. O samba foi composto por Renato Garcia, Tubarão e Armandinho e cantado por Joel, Charutinho, Bolinha, Tim Cardoso, Campeão e convidados. Seguindo um ritual do ano passado a banda desfilou com carro alegórico, onde rugia o Tigre do Macuco,
acompanhado de outro, onde as crianças, puderam fazer a festa. Várias lideranças comunitárias fizeram questão de prestigiar a festa, afinal, o carnaval ainda é uma festa costumeira, principalmente nas comunidades periféricas da cidade, onde as velhas tradições, ainda sobrevivem, em meio aos grandes arranha-céus . A bateria da escola de samba Brasil, com seus 50 ritmistas, abrilhantou a festa com seu ritmo forte e contagiante, fazendo o público delirar. A concentração foi na rua senador Lacerda Franco, entre a José Knudsen e a Francisco de Paula Ribeiro, onde foram montadas varias tendas, para depois do desfile,  os organizadores distribuírem refrigerantes e sanduíches para a garotada. FOTOS DO DESFILE CLICK AQUI

BANDA DO CHUPA É UMA GRANDE ATRAÇÃO DO CARNABANDA 2015

CRIANÇADA ADORA A BRINCADEIRA E SE DIVERTE PRA VALER NOS INFLÁVEIS 

A Banda do Chupa aproveitou o carnabanda para homenagear a comunidade da Vila Sapo com o enredo “Toda criança tem o direito de brincar”, tema que busca chamar a atenção para um problema social que atinge a maioria das comunidades de base da região. Os organizadores da banda, não perderam tempo e repetiram a receita de sucesso do ano anterior, realizando uma campanha de arrecadação de alimentos. Todo ano a organização do evento, além de proporcionar uma tarde especial para a criançada, faz uma campanha de arrecadação de alimentos. Os alimentos arrecadados até a hora do desfile serão revertidos
à Creche da Vovó Adelaide e Instituto São José.. Ano passado foram arrecadados mais de 400 kilos de alimento, para muitos, parece uma quantia pequena, mas dependendo do porte da entidade é uma doação significativa. A animação ficou a cargo de Glauco Fulco (voz e guitarra) Wilson Cardoso (percussão) e Adriano Neves, que tocaram marchinhas, o hino do bloco e musicas de carnaval. Quem esteve na concentração pode aproveitar a grande estrutura criada para atender a criançada ( espaço kids), uma grande área reservada a diversos brinquedos infláveis, cama elástica, escorregadores entre outros. A concentração, foi na rua Almirante Barroso, entre a Pedro

Américo e Espírito Santo (Campo Grande), local já conhecido da comunidade e onde acontece a distribuição de brindes, sorvetes e doces para criançada. A novidade desta edição ficou por conta das parcerias com o empresariado, além da estrutura da SECULT, várias empresas ajudaram na festa, entre elas a Academia UP! Fitness, que fica na rua Dr. Arnaldo de Carvalho, 144 e a ALPI distribuidora de Alimentos, sediada na rua Pedro Américo, 142, esta ultima ajudou na distribuição de mais de 700 picolés, para alegria da criançada. Uma coisa é certa, quem resolve participar da festa acaba virando fregues, na Chupa a brincadeira é levada a serio e tudo é muito organizado, bem cuidado e feito com dedicação. Todos que participam elogiam a organização e ficam vislumbrados com a folia. Para
Cristovam Veiga Filho a brincadeira não podia ser melhor “ aqui posso me divertir ao mesmo tempo que proporciono diversão aos meus filhos. Tenho uma menina de 8 e um menino de 10 anos, os danadinhos não esquecem de jeito nenhum; no carnaval tem banda do chupa e muita diversão”, afirma o marceneiro. Sem sombras de duvidas a banda do chupa, além de atrair uma multidão é uma grande opção de lazer e diversão na tarde da segunda-feira de carnaval. FOTOS DO DESFILE NA NOSSA GALERIA  CLICK AQUI


BANDA JÔ APOSTA NA FAMÍLIA E ARRASTA UMA MULTIDÃO

FAMÍLIA DO MARAPÉ  APOSTA NO CARNABANDA SANTISTA E DESFILA NA CHUVA

A banda do Jô aproveitou o Carnabanda, deste ano, para homenagear os 14 anos da banda e a comunidade do Marapé. Repetindo a receita acertada de anos anteriores a banda desfilou, como de costume, na tarde de segunda-feira de carnaval, sem muitas novidades, mas com o que tem de melhor a família do Marapé. Em sua 13º exibição no Carnabanda, o bloco contou com animação de DJ, Musicos e muita marchinha de carnaval. A concentração foi na rua Benedito Ernesto Guimarães, entre a dom Duarte Leopoldo e Silva e a Napoleão Laureano e o cortejo percorreu as principais ruas do bairro. Durante o
desfile as pessoas acenavam, participavam das brincadeiras e respondiam ao apelo do locutor, que entusiasmado, agradecia o empenho da comunidade na manutenção da tradição. No final, uma pequena parada e o agradecimento ao publico da comunidade e o anuncio que a festa continuaria por mais algum tempo, já que a grande maioria não queria que a brincadeira acabasse . Jô enfatizou, que a festa do ano que vem promete ser ainda melhor e que a família do Marapé vai poder brincar o carnaval com segurança e muita tranquilidade.   FOTOS DO DESFILE CLICK  AQUI 

BANDA DA DIVINÉIA TEM DESFILE TUMULTUADO NO CASTELO

DIRETORES PROMETEM MELHORAR A ORGANIZAÇÃO PARA O PRÓXIMO ANO

A banda Unidos da Divinéia levantou o bairro Castelo (Zona Noroeste) de Santos no dia 15/02, com seu desfile agitado e sedutor. A festa planejada para acontecer por volta das 16 hs, acabou começando com um pouco de atraso, devido a dificuldade para conseguir organizar os foliões. Quem espera ver este ano, uma reprise do que foi o ano passado se decepcionou, a falta de camaradagem dos menores que participaram do desfile ficou evidente. A molecada, envolvida na guerra de água e espuminha, perdeu o controle e acabou por tirar o brilho da festa. Foi uma desorganização total e o carro de som teve que interromper a brincadeira por várias vezes, pedindo calma e moderação aos meninos que
não respeitavam, músicos e os integrantes da bateria. A espuminha, material usado sob pressão e proibido em outros municípios , foi usado para atacar os olhos e o rosto das pessoas, e acabou por dominar o desfile, incomodando muita gente. Ignorado, este contratempo, a festa foi uma maravilha. O enredo "Divinéia, as estrelas que brilham", de autoria dos compositores Chita, Sérgio e Oswaldo da Areia, não trouxe para avenida as grandes musas da Divinéia, como esperava a comunidade. A bateria da Divinéia foi quem deu o tom ao desfile, com seus mais de 40 ritmistas, chamando o povo às ruas do Castelo. FOTOS DO DESFILE CLICK AQUI 

BANDA CARNACACHAÇA APOSTA NA FESTA E AMPLIA CONCENTRAÇÃO

CARNACACHAÇA INCENDIOU AS RUAS DO MACUCO NO SÁBADO DE CARNAVAL


A Banda Carnacachaça aproveitou a folia de momo para homenagear a Estiva Santista, usando de muita irreverência e bom humor. Com o enredo ‘Um sonho conquistado em uma luta diária.’, a Carnacachaça foi para a rua e alegrou a comunidade do macuco. A concentração, que fica entre as ruas Rua Santos Dumont, José do Patrocínio e Euzébio de Queiroz, ficou lotada e reuniu um publico diversificado. Quem pensou que a festa iria terminar depois do desfile se enganou, a equipe de organizadores apostou alto e ampliou a estrutura, colocando barracas e tendas, com show ao vivo da banda Pagodagem
e outras atrações musicais. O samba que arrastou a multidão teve autoria dos compositores Wagner Pontual, Joel, Walmir, Campeão e Rudney. Quem cantou foi Wagner Pontual, Joel, Walmir, Campeão, Rudney e convidados. A bateria foi da escola de samba X-9, com 60 ritmistas e contou com a animação de varias musas para agitar a galera. Este foi o 5º ano da banda no Carnabanda e parece que agremiação veio pra ficar, uma vez que o público, aprovou e lotou a concentração. FOTOS DO BLOCO CLICK AQUI